«

»

mar 16

Imprimir Post

"As pessoas têm que se informar melhor", diz Iozzi sobre comentário do "JN"

Confira as principais fofocas globais, "As pessoas têm que se informar melhor", diz Iozzi sobre comentário do "JN" veja todos os detalhes aqui.

Eleita a melhor apresentadora pela APCA em  2015  e com um decote generoso, Monica Iozzi estava radiante e disposta a falar até mesmo de assuntos polêmicos, como a sua declaração no Twitter que criticava quem emitia sua opinião apenas vendo o ‘Jornal Nacional’, assim que chegou ao Sesc Pinheiros, nesta terça-feira (15), local da premiação.

“Não esperava que meu post fosse gerar tantos comentários.  Não estava falando especificamente  do ‘JN’,  mas é o que tem maior audiência do país. Quis dizer que as pessoas precisam se aprofundar um pouco mais nas notícias. As pessoas têm que se informar melhor e não emitir opinião sem saber do que está falando”, explicou.

Iozzi sugeriu na rede social que a população está mal informada sobre os acontecimentos políticos do país: “Meu Deus!!! Que momento triste vivemos. Como estamos equivocados, cegos. Somos um povo que se informa apenas por manchetes do JN…”.

A declaração da apresentadora rendeu centenas de comentários, alguns deles lembrando os tempos em que ela, então contratada do “CQC” (Band), pegava no pé dos políticos.

Monica não quis dizer o que fará agora que deixou o “Vídeo Show”,  no entanto, contou ter assistido  o desempenho de sua substituta, Maíra Charken. “Não vi a estreia. Vi hoje (terça). Não acho que ela esteja parecido comigo. O estilo do programa é este. Tenho certeza que as pessoas vão amar. Só tem de esperar ela assentar e o povo parar de ser chato”,  disparou.

A matéria "As pessoas têm que se informar melhor", diz Iozzi sobre comentário do "JN" foi originalmente publicado em http://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2016/03/15/as-pessoas-tem-que-se-informar-melhor-diz-iozzi-sobre-comentario-do-jn.htm

Link permanente para este artigo: http://hidracthair.com/produtos/as-pessoas-tem-que-se-informar-melhor-diz-iozzi-sobre-comentario-do-jn/