«

»

mar 22

Imprimir Post

Demolidor | Fomos ao set da série e descobrimos mais sobre Elektra, Justiceiro e os novos desafios do herói

Confira as principais fofocas globais, Demolidor | Fomos ao set da série e descobrimos mais sobre Elektra, Justiceiro e os novos desafios do herói veja todos os detalhes aqui.

Quem gosta de cerveja pode aproveitar uma visita a Nova York para visitar a Brooklyn Brewery. De dentro do carro rodeamos a cervejaria, viramos a esquina e continuamos nosso caminho em direção do Broadway Stages. É lá que, ocupando seis de seus 35 galpões, a Marvel e a Netflix fincaram suas bandeiras e estão criando um importante pedaço do Universo Cinematográfico Marvel. É lá que fica a Cozinha do Inferno cenográfica como a vimos nas primeiras temporadas de Demolidor e Jessica Jones

Um ano se passou desde que o Omelete visitou este cenário pela última vez. Naquela época, acompanhamos de perto a criação e desenvolvimento dos personagens – tanto os heróis quanto o vilão Wilson Fisk (Vincent D’Onofrio). Exatamente 12 meses depois, andamos pelos corredores do estúdio e logo avistamos caixas (sim, caixas!) de espadas ninja, conversamos com pessoas que desenvolvem a segunda temporada e, mais tarde, vimos um carro cheio de flechas por todos os lados e um ninja pendurado em cima dele, tentando acertar um certo advogado cego que estava no banco de trás. 

Quem dá o tom do que vai acontecer neste segundo ano é o próprio protagonista da série: “Marco e Doug [os novos chefões da série] mandaram muito bem e acho que os roteiros são tão bons quanto os do ano passado. Se você pensar na história, a primeira temporada foi se construindo de forma lenta. Eu nunca tinha ouvido o nome de Wilson Fisk até o terceiro episódio, não tinha contato algum até o sexto e só fomos nos enfrentar pela primeira vez no nono. Este ano é o contrário. Logo no comecinho Frank Castle (Jon Bernthal) já está ali“, disse Charlie Cox, que interpreta Matt Murdock/Demolidor. 

Novos produtores executivos 

A saída de Steven S. DeKnight, que comandou a primeira temporada da série, parece não ter alterado o estilo do programa. Isso porque Doug Petrie e Marco Ramirez já estavam na equipe e dão continuidade ao projeto – e trazer Elektra e Justiceiro, dois personagens tão queridos pelos fãs da Marvel, ajuda. “Sou um fã. Eu sei quem são estes personagens. Na primeira temporada nós mostramos o lado realista, sombrio e sujo dos becos de Nova York. Depois de jogar sangue nas ruas da Cozinha do Inferno, ganhamos o direito de poder elevar ainda mais o nível da brincadeira e ninguém melhor do que estes dois“, disse Rodriguez. 

‘);
$ad_galeria.html(
“”
);
return $ad_galeria;
}

Nós nos baseamos muito no cânone, mas não estamos presos. Nós não estaríamos fazendo nosso trabalho direito se não pegássemos o que já existe e colocássemos nossas mudanças aqui e ali, porque é uma mídia diferente, com necessidades diferentes. É muito legal quando conseguimos pegar esses 50 anos de história e trazer algo novo, apontar uma nova direção baseado no que está acontecendo ali na nossa frente durante as filmagens“, completou Petrie. 

E se a primeira temporada foi bastante baseada em O Homem Sem Medo, qual a principal inspiração deste segundo ano? “Estamos colando tudo junto no que nós acreditamos que é a melhor forma de trazer Elektra, Justiceiro e outras novidades para este nosso mundo que você já viu no primeiro ano“, comentou Petrie. 

Novos personagens 

Tanto Frank Castle quanto Elektra Natchios já tiveram suas encarnações nas telas – todas elas bastante polêmicas. Mas agora os papéis estão nas mãos de Jon Bernthal (The Walking Dead) e Elodie Yung (G.I. Joe: Retaliação). 

Eu acompanho o noticiário de filmes, séries e quadrinhos desde muito antes de trabalhar com isso e não me lembro de ver um anúncio tão positivo quanto este. Quando Jon foi anunciado como Frank Castle tudo o que se via online eram elogios e empolgação. Isso porque eles não viram o teste que ele fez. Vocês não têm ideia da energia que ele trouxe. Parece que a gente estava vendo LeBron James em uma temporada destinada ao título da NBA. [risos] Qualquer outro ator chegaria falando ‘viu só? O mundo me ama!’ Mas ele chegou ao set com uma postura oposta a isso, mostrando que naquele momento é que o trabalho ia começar. E ele ralou muito“, lembra o produtor Marco Ramirez.

Tanta comoção só botou mais pressão para cima do finado Shane de The Walking Dead: “Acho que isso só aumenta o tamanho da pilha de coisas com que preciso me preocupar [risos]. Ele é um cara importante para muita gente e outros ótimos atores vieram antes de mim. E não importa tanto o que eu acho. Este não é o meu Frank Castle. É o Frank da série do Demolidor, que tem um time de roteiristas, diretores e atores muito bons trabalhando. Estamos dentro deste mundo. Meu trabalho aqui é manter o nível lá em cima“, revelou Bernthal.

Já Yung, perita em artes marciais, se mostrou bastante confiante em seu trabalho: “Quanto mais eu ia aprendendo sobre a Elektra ia ganhando confiança de sugerir coisas novas. Eu li Elektra Assassina, fui atrás do primeiro encontro dela com o Demolidor, pesquisei sobre a relação dela com Matt Murdock“, comentou a atriz.  

Nós usamos todos os tipos de metáforas do que ela representa na vida de Matt. E a verdade é que nós descobrimos que por trás desta mulher fria há um coração e que este menino de forte influência católica conseguiu tocá-lo de alguma forma. Acho que é uma história de amor muito profunda e real. E acho que o que Elodie trouxe para a personagem é que desde o momento em que ela entra em cena pela primeira vez nós sabemos que ela é durona“, complementou Doug Petrie. 

Sangue e sexo! 

Veterana da série, Deborah Ann Woll, a Karen Page, dá a sua versão sobre os novos colegas: “Lembra daquele filme Mulher Nota 1.000 (Weird Science, 1985)? Parece que Doug e Marco pegaram aquela máquina para trazer Elektra e Frank à vida. Os dois são perfeitos para estes papéis.”

“Matt Murdock continua sendo o centro de tudo, mas ter Elektra e Frank Castle na série adiciona elementos que não tínhamos antes. Continua sendo sobre fé, mas também sobre vingança, luxúria e punição“, contou Marco Ramirez – e seu colega co-produtor logo complementou: “Steven S. DeKnight fez um trabalho incrível ao criar uma série realista, sombria, com os pés no chão e totalmente baseada nos personagens. Foi um passo adiante nas séries adultas. Nós procuramos manter tudo isso e percebemos que não tinha sexo na série e resolvemos dar um jeito nisso. Então: temos mais sexo!

A segunda temporada de Demolidor está disponível na Netflix desde 18 de março.

A matéria Demolidor | Fomos ao set da série e descobrimos mais sobre Elektra, Justiceiro e os novos desafios do herói foi originalmente publicado em http://omelete.uol.com.br/series-tv/artigo/demolidor-visitamos-o-set-da-serie-e-descobrimos-mais-sobre-elektra-justiceiro-e-os-novos-desafios-do-heroi/

Link permanente para este artigo: http://hidracthair.com/produtos/demolidor-fomos-ao-set-da-serie-e-descobrimos-mais-sobre-elektra-justiceiro-e-os-novos-desafios-do-heroi/