«

»

mar 19

Imprimir Post

Doctor Who | "Décima temporada vai renovar mais a série do que as anteriores", diz Peter Capaldi

Confira as principais fofocas globais, Doctor Who | "Décima temporada vai renovar mais a série do que as anteriores", diz Peter Capaldi veja todos os detalhes aqui.

Com uma nova companheira no lugar de Jenna ColemanChris Chibnall ocupando o posto de produtor principal no lugar de Steven Moffat, são esperadas grandes mudanças para a décima temporada de Doctor Who e, para Peter Capaldi, o novo ano deve renovar mais a série do que os anteriores. 

“Acho que (a décima temporada) será empolgante, dinâmica. Doctor Who é uma série que se renova o tempo todo. Moffat costuma dizer que todo episódio da série é como se fosse o primeiro, mas acho que essa característica será ainda mais marcante neste novo ano”, afirmou o ator que interpreta o 12º Doutor em entrevista coletiva na Cidade do México da qual o Omelete participou. O evento, que também contou com a participação do produtor executivo Brian Minchin, marca a estreia da série no canal Syfy em toda a América Latina, inclusive no Brasil.

De acordo com Minchin, a décima temporada, que tem estreia marcada para 2017, já está sendo preparada. Sobre as surpresas que podemos esperar, ele afirmou: “Temos algumas coisas em mente, mas não podemos dizer agora”. Capaldi, por sua vez, disse também é um dos últimos a saber o que vai acontecer. “Steven e Brian me contam muita coisa antecipadamente, mas muitas das surpresas são surpresas para mim também. Gosto da experiência de não saber o que vai acontecer.”

Minchin também deixou as portas abertas para o retorno de Coleman e também de Maisie Williams, que teve um papel de destaque no nono ano. “Nunca diga nunca em Doctor Who. Elas podem voltar”, afirmou.

O próximo Doutor

Recentemente, Capaldi afirmou que BBC pediu que ele ficasse para a décima temporada, mesmo após a saída de Moffat. Mesmo tendo afastado a possibilidade de deixar a série no momento, ele conta que já pensou várias vezes na fatídica cena de regeneração, que simboliza a troca de atores no papel. “Assim que consegui esse emprego, pensei nisso, e percebi que um dia teria que sair. Isso me entristeceu e ainda me entristece. A cena de regeneração com Matt (Smith) é bem emocionante e hoje a vejo na posição dele”, conta.

“Dizer adeus a Doctor Who é difícil, mas na verdade esta é uma série da qual você nunca se despede. Quem vier depois de mim será a pessoa mais sortuda no mundo da atuação. Espero que seja eu (risos). Mas veremos. Ainda há muito tempo até tomar essa decisão (de sair).”

Capaldi e Minchin também comentaram sobre o uso de episódios duplos em Doctor Who, algo constante na nona temporada“Episódios duplos dão mais tempo para se desenvolver uma história, e Doctor Who vive de ganchos”, afirmou Capaldi. “Gostamos de fazer histórias maiores, com ganchos, e na nona temporada, foi algo que parecia diferente do que havia antes. Gostamos muito do resultado, e acho que a nonta temporada tem algumas das melhores histórias que já contamos”, completou Minchin.

Perguntado sobre o quanto de si coloca em sua versão do Doutor, um tanto diferente dos antecessores David TennantMatt Smith, Capaldi diz que não conseguiria quantificar, mas detalhou as diferenças entre ele e o herói. “Para fazer o papel, você sempre precisa colocar um pouco de si, mas não sou eu é o Doutor. Ele é mais heróico, corajoso e atlético (risos). Acho que muito de mim está nele sim, mas ele é cheio de mistério. O Doutor tem partes misteriosas, uma estranheza que posso sentir, mas nunca vou conhecer”, descreve.

O Doutor e Peter Jackson

Perguntado sobre o vídeo em que o Doutor convida Peter Jackson para comandar um episódio da série, Capaldi revelou que a ideia partiu do próprio diretor das trilogias de O Senhor dos Anéis O Hobbit“Estávamos fazendo uma viagem de divulgação da série na Nova Zelândia e eu recebi um convite de Jackson para visitá-lo. Então, ele sutilmente diz que vamos gravar uma cena com um dalek”, conta Capaldi. “Quando cheguei na casa dele, realmente tinha um dalek, e ele disse que ainda tinha uma dúzia desses. Talvez este era o episódio que ele queria dirigir (risos). Jackson adora Doctor Who, é um grande fã.” 

Sobre Jackson, Minchin foi ainda mais incisivo: “Peter Jackson deveria parar de ganhar publicidade em cima de Doctor Who e vir conversar com a gente para dirigir um episódio logo”, brincou.

Capaldi também afastou a possibilidade de dirigir ou escrever ele mesmo algum episódio da série. “Não tenho interesse nisso. É muito difícil, e acho que temos um time muito talentoso de pessoas nestas funções. Interpretar o Doutor já consome totalmente o meu tempo e preenche a minha vida. Estou feliz com isso. Minha responsabilidade é atuar da melhor maneira possível”, disse o ator. “E, apesar de gostar de dirigir e escrever, nunca achei que esse fosse o meu forte”, brincou o ator, que ganhou o Oscar de Melhor Curta-Metragem em 1995 com Franz Kafka’s It’s A Wonderful Life, um filme que ele mesmo dirigiu e escreveu.

O Doutor e a América Latina

Capaldi e Minchin também abordaram a possibilidade de se produzir um episódio de Doctor Who centrado na cultura e na história de algum país latinoamericano. “Há muitos lugares legais. Seria incrível falar da cultura asteca, ou gravar em Machu Picchu… Mas temos um orçamento apertado, e precisamos fazê-lo render”, disse o ator. “Adoramos fazer histórias no maior número de locais possíveis e adoraríamos fazer algo por aqui, só não decidimos ainda”, completou Minchin.

“É dificil dizer porque Doctor Who é tão popular. Nunca pensei muito nisso, porque foi sempre popular pra mim, mas acho que há uma combinação de elementos. Escapismo, por exemplo. A vida pode ser difícil, chata, e Doctor Who oferece um grande escape, com histórias de um grande herói que enfrenta vilões, criaturas, alienígenas. Também há uma estranha melancolia, a passagem do tempo, já que o Doutor é cercado de humanos que não viverão tanto quanto ele, e essas fragilidades de ser humano são algo que está claro para ele, porque ele as vê de longe. Acho que isso tem efeito, e acho que também a diversão, Doctor Who é muito divertido, ter um herói e seu companheiro enfrentando monstros. E claro, monstros e viagens no tempo, espaço são muito divertidos. São poucas as séries que fazem isso, e Doctor Who faz melhor.”

Perguntado por um fã se ele preferia os Beatles ou os Rolling Stones, Capaldi se absteve de tomar partido no duelo mais clássico do rock britânico, mas revelou ter ido ao show da banda de Mick Jagger Keith Richards na Cidade do México, que faz parte da mesma turnê que passou pelo Brasil“Fui assistí-los ontem (18), e foi ótimo ver um estádio cheio de mexicanos apaixonados cantando “Honky Tonk Women”. É ótimo vê-los. Acho que o Doutor tem um pouco de Mick Jagger e de Keith Richards”, diz.

Leia mais sobre Doctor Who

 

A matéria Doctor Who | "Décima temporada vai renovar mais a série do que as anteriores", diz Peter Capaldi foi originalmente publicado em http://omelete.uol.com.br/series-tv/noticia/doctor-who-decima-temporada-vai-renovar-mais-a-serie-do-que-as-anteriores-diz-peter-capaldi/

Link permanente para este artigo: http://hidracthair.com/produtos/doctor-who-decima-temporada-vai-renovar-mais-a-serie-do-que-as-anteriores-diz-peter-capaldi/