«

»

ago 01

Imprimir Post

Ex-BBB vira diretora de pornô feminista e explica: "Mulheres também gozam"

Confira as principais fofocas globais, Ex-BBB vira diretora de pornô feminista e explica: "Mulheres também gozam" veja todos os detalhes aqui.

Trilhando caminho oposto ao de muitos ex-BBBs, Mayara Medeiros, 29, escolheu ficar atrás das câmeras. A participante da 12ª edição do reality show se tornou diretora de filmes pornográficos alternativos na produtora Xplastic. A empresa existe há 20 anos e começou a partir de uma banda de punk rock. 

“Não temos medo de pornografia e, desde sempre, sabemos que mulheres também gozam. Até porque hoje somos uma equipe com mais mulheres do que homens”, diz.

No dia a dia, ela trabalha como diretora de projetos, cuidando desde o planejamento, concepção até a finalização dos projeto. A ex-BBB também é responsável por toda produção, inclusive de elenco, cenografia e figurino, de filmes, séries e eventos, todos tratando de sexualidade.

“Até a minha chegada algumas mulheres já haviam feito alguns trabalhos atrás das câmeras para a Xplastic, com câmera na mão mesmo. Apesar de a equipe fixa ser só de homens, foi havendo esse tipo de abertura”, lembra.

“Eles já tinham feito muito antes de pornô produzido por mulheres entrar em pauta, o que me permitiu fazer o que acredito que é produzir conteúdo para maiores de 18 sem escolher um gênero para privilegiar.”

O contato com esse universo começou antes mesmo de sua participação no “Big Brother” e, apesar de concordar que existe um preconceito com quem trabalha nesta área, até mesmo nos bastidores, nunca enfrentou problema com a família.

“Sou de uma família de educadores, também fui educadora antes e sempre entendemos que sexualidade é parte importante da formação de qualquer pessoa. Trabalhar tentando produzir algo mais justo em uma indústria cheia de desequilíbrio é algo que inclusive conversamos nos almoços em família, mas sem dúvidas existe preconceito e lidar com ele faz parte do trabalho.”

Ela acredita que as mulheres são um novo mercado para a indústria pornográfica.

“Com essa nova onda feminista, houve mais consciência que o nosso corpo nos pertence e que ele pode nos oferecer prazer, que as mulheres também têm desejo e tesão. Isso contribui muito para uma mudança nos nossos hábitos de consumo”, diz.

“Aquela pornografia feita só por homens e para homens só reforça qualquer sensação ruim que já temos com sexo. Não cabe mais e quem está atento a isso já está mudando. Alguns irão continuar produzindo só para homens mesmo e não vão mudar, o que também é normal de mercado”, completa.

Terceira eliminada

Reprodução/TV Globo/Frederico Rozário
Bial conversa com Mayara após sua eliminação com 74% dos votos Imagem: Reprodução/TV Globo/Frederico Rozário

Mayara foi a terceira eliminada do “BBB 12”, no qual o médico veterinário Fael foi o campeão. A ex-BBB diz que o programa possibilitou que ela entendesse melhor como funcionam as coisas do lado de quem se expõe.

“O ‘BBB’ pode ser muito positivo para quem está interessado em viver com a imagem, ele explora a imagem dos participantes, então faz muito sentido. Quando entrei eu não pensei nisso, nunca tinha assistido uma edição inteira e meu interesse era tentar ajudar financeiramente a minha família.”

“Infelizmente, não consegui oferecer para minha família o que eu queria, mas não vejo a participação como negativa. A experiência na TV me ajudou muito a entender como as coisas funcionam do lado de quem se expõe, principalmente sobre as disputas de ego.”

A matéria Ex-BBB vira diretora de pornô feminista e explica: "Mulheres também gozam" foi originalmente publicado em https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2018/08/01/ex-bbb-e-diretora-de-filmes-pornos-sabemos-que-mulheres-tambem-gozam.htm

Link permanente para este artigo: http://hidracthair.com/produtos/ex-bbb-vira-diretora-de-porno-feminista-e-explica-mulheres-tambem-gozam/