«

»

mar 23

Imprimir Post

Gotham | Finalmente começa a ascensão dos vilões

Confira as principais fofocas globais, Gotham | Finalmente começa a ascensão dos vilões veja todos os detalhes aqui.

Como uma história de origem, Gotham se propõe a contar…sim, a origem dos icônicos personagens que permeiam a vida do Homem-Morcego. No entanto, sua primeira temporada parecia ter medo de ir a fundo no início dos principais vilões que já haviam sido apresentados. Oswald Cobblepot (Robin Lord Taylor) e Edward Nygma (Cory Michael Smith) ainda são os melhores personagens da série – e “Mad Grey Dawn” nos mostrou um pouco mais sobre esses dois personagens que causaram tanto até agora.

Foram quatro núcleos principais nesse capítulo: Ed Nygma em sua determinada jornada para se transformar definitivamente no Charada, a queda de Jim Gordon (Ben McKenzie), Bruce Wayne (David Mazouz) se aventurando fora de sua mansão com Selina Kyle (Camren Bicondova) e Ivy Pepper (Clare Foley) e Oswald Cobblepot com sua nova família. Comecemos por essa última.

Depois de ser liberado por Hugo Strange (DB Wong) do Asilo Arkham com uma ficha que o declara são, Oswald está sem rumo. Depois da morte de sua mãe e da traição de Butch (Drew Powell), ele não tem para onde ir, mas tenta contato com o antigo “amigo”- sem sucesso. Punições à parte, ele segue para a casa de Nygma na tentativa de buscar abrigo na casa de um recente amigo – sem sucesso. Finalmente, o túmulo de sua falecida mãe o conforta, principalmente quando Elijah Van Dahl (Paul Reubens) aparece e revela ser seu pai. Apesar de algumas horas de tranquilidade, a nova família de Elijah não deixará o pobre Pinguim em paz, como veremos nos próximos episódios.

‘);
$ad_galeria.html(
“”
);
return $ad_galeria;
}

Sobre o jovem Bruce adolescente e seu ataque de rebeldia, logo na primeira tentativa de viver sozinho sem os méritos de seus pais e a proteção de Alfred (Sean Pertwee) o moleque já toma uma bem dada surra que deveria tirá-lo do estado de ilusão em que está. Mas ele gosta. Começa, possivelmente, sua transformação em Batman. Cedo, mas uma pessoa que se anima com a possibilidade de defender sua cidade sem ganhar nada em troco e ainda apanhar um pouco no processo precisa começar em algum lugar.

Já as tramas da queda de Jim Gordon e “ascensão” do Charada estão diretamente ligadas. Nygma quer ver o detetive detido de uma vez por todas e traça um complicado plano para fazê-lo. O problema aqui é quando, novamente, Gotham acha que somos estúpidos e se vê na necessidade de explicar em excruciantes detalhes com micro flashbacks tudo o que Ed fez para conseguir provas o suficiente contra Jim. Fora narrativa expositiva, toda a trama é muito bem bolada e realmente põe Gordon numa complicada posição: depois do julgamento mais rápido da história (não é gasto nem um minuto no fórum), ele é condenado a 40 anos de prisão.

Apesar de apenas uma das acusações ser real – ele realmente assassinou Theo Galavan (James Frain) -, o novo capitão Nathaniel Barnes (Michael Chiklis) não tem provas que comprovem que as denúncias são falsas e precisa seguir com o processo. Harvey Bullock (Donal Logue) promete ao parceiro que vai lutar para comprovar sua inocência, mas [cuidado, possível spoiler à frente!] é o retorno do próprio Galavan como Azrael que a comprovará. Bons tempos vêm à Gotham.

Gotham é exibida nos EUA às segundas-feiras, na Fox. No Brasil, o canal pago Warner transmite a série também às segundas, às 22h30.

Leia mais sobre Gotham

A matéria Gotham | Finalmente começa a ascensão dos vilões foi originalmente publicado em http://omelete.uol.com.br/series-tv/artigo/gotham-finalmente-comeca-a-ascensao-dos-viloes/

Link permanente para este artigo: http://hidracthair.com/produtos/gotham-finalmente-comeca-a-ascensao-dos-viloes/