«

»

nov 03

Imprimir Post

Gratuidade será arma poderosa na guerra dos serviços de streaming

Confira as principais fofocas globais, Gratuidade será arma poderosa na guerra dos serviços de streaming veja todos os detalhes aqui.

“Game of Thrones” vai estar no catálogo do serviço HBO Max, que será lançado em 2020

A WarnerMedia revelou esta semana detalhes sobre o seu aguardado serviço de streaming. O HBO Max será lançado em maio de 2020 e vai custar US$ 14,99 por mês (o equivalente a cerca de R$ 60).

A expectativa é que o serviço seja lançado já com cerca de 10 mil horas de conteúdo em séries originais ou licenciadas, filmes e outros conteúdos da Warner Bros., New Line, DC, CNN, TNT, TBS e Cartoon Network. Além das séries da HBO, o catálogo vai incluir “clássicos” como “Friends”, “The Big Bang Theory”, “Pretty Little Liars” e “Vila Sésamo”.

Antes do HBO Max já terão sido lançados nos Estados Unidos outros dois serviços de streaming importantes, a Apple TV + (agora, em 1º de novembro) e o Disney + (em 12 de novembro).

Um dos detalhes que mais chamaram a atenção sobre o HBO Max é que ele será oferecido de graça para cerca de 10 milhões de assinantes de pacotes de TV por assinatura da AT&T que incluem a HBO.

A gratuidade é uma arma que também está sendo usada pelos concorrentes. Em setembro, a Amazon integrou o seu serviço de streaming a um pacote mais amplo de produtos, incluindo música, e-books, games e entregas de mercadorias. Tudo junto por um preço mais baixo do que o cobrado anteriormente apenas para quem assinava por conteúdo de TV.

Nos EUA, o Disney + será oferecido gratuitamente por um ano para clientes da operadora Verizon com planos sem fio ilimitados. O Peacock (NBCUniversal) vai ser oferecido de graça para os clientes da empresa controladora do serviço, a Comcast, quando for lançado, em abril de 2020.

O Apple TV + será gratuito por um ano para os clientes que compraram qualquer iPhone, iPad, Apple TV, Mac ou iPod touch novo a partir do dia 10 de setembro.

Todas estas iniciativas indicam a pressa em engordar o número de assinantes o mais rápido possível. Afinal, todas estas empresas estão correndo atrás de um líder muito bem estabelecido no mercado. A Netflix conta hoje com mais de 158 milhões de assinantes no mundo.

Se tiverem efeito, as ofertas gratuitas podem vir a se tornar uma arma poderosa na guerra do streaming que se se aproxima.

Stycer recomenda
. Jorge Fernando deixou marca pessoal em comédias dos maiores autores da TV
. Jornalismo da Record tem sérios problemas para resolver
. Mau humor de Tony Tornado quebra o clima de festa e elogios do “Popstar”
. UOL Vê TV: Silvio Santos é a solução ou um eterno problema para o SBT?

Pior da semana
Até o elenco de A Dona do Pedaço faz chacota com a burrice de Teo

Melhor da semana
Noveleiros adotam streaming e não sentem falta da TV: “Horrível ser refém”

Uma versão deste texto foi publicada originalmente na newsletter UOL Vê TV, que é enviada às quintas-feiras por e-mail. Para receber, gratuitamente, é só se cadastrar aqui.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

A matéria Gratuidade será arma poderosa na guerra dos serviços de streaming foi originalmente publicado em http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2019/11/03/gratuidade-sera-arma-poderosa-na-guerra-dos-servicos-de-streaming/

Link permanente para este artigo: http://hidracthair.com/produtos/gratuidade-sera-arma-poderosa-na-guerra-dos-servicos-de-streaming/