«

»

jul 24

Imprimir Post

"Me mata, mas deixa minha filha", relembra Cláudia Rodrigues sobre assalto

Confira as principais fofocas globais, "Me mata, mas deixa minha filha", relembra Cláudia Rodrigues sobre assalto veja todos os detalhes aqui.

  • Reprodução/TV Record

    Atriz relembra momentos de terror vividos durante uma tentativa de assalto em Curitiba

    Atriz relembra momentos de terror vividos durante uma tentativa de assalto em Curitiba

Bastante emocionada, Cláudia Rodrigues relembrou os momentos de terror vividos durante uma tentativa de assalto sofrido em Curitiba (PR), na última sexta-feira (22). A atriz, a filha, Isa Hieatt, e a empresária, Adriane Bonato, foram surpreendidas por dois homens armados.

Em entrevista ao “Domingo Espetacular”, da TV Record, Cláudia Rodrigues, que está se recuperando de um transplante de células-tronco para tratar esclerose múltipla, contou que um dos suspeitos chegou a apontar a arma para a sua filha, e que, nesse momento, ela pediu “pelo amor de Deus” para que o bandido deixasse a menina em paz. A atriz disse ter visto a morte de perto.

“Eu tirei a máscara e pedi pelo amor de Deus, ‘me mata, mas deixem ela (sic), porque ela tem uma vida pela frente, não pode morrer agora'”, narrou Cláudia, aos prantos, neste domingo.

Ela planejava voltar ao teatro e a lançar um canal de vídeos em outubro, mas devido o episódio, os planos foram alterados.

Em entrevista ao UOL, a empresária de Cláudia contou que a atriz foi agredida e levou uma pisada forte no pé de um dos criminosos. “Só não mataram a gente porque o bandido reconheceu a Claudia e era fã dela”, disse.

Segundo informação do TN On-line, site parceiro do UOL, a Polícia Civil do Paraná diz não ter registro de Boletim de Ocorrência relacionado à situação.

Cláudia iniciou a sua carreira artística na Globo trabalhando em “Caça Talentos”, ao lado de Angélica. Em seguida, passou por “Sai de Baixo”, “Escolinha do Professor Raimundo” e “Zorra Total”. Em alta na emissora, ganhou o seu próprio seriado, “A Diarista”, entre 2004 e 2007. O seu último trabalho foi o próprio “Zorra Total”, onde estava desde 2011. A atriz pretende retornar ao teatro em março do ano que vem.

Ela descobriu a esclerose múltipla, doença que atinge o sistema nervoso, em 2006, enquanto atuava como protagonista de “A Diarista”. Mesmo não tendo renovado o contrato com Cláudia Rodrigues no final de maio de 2015, a Globo deu todo o apoio necessário para os cuidados com sua saúde, pagando o plano de saúde e cuidando de sua internação, segundo informou a Central de Comunicação da Globo em contato com a reportagem do UOL, também em junho.

A matéria "Me mata, mas deixa minha filha", relembra Cláudia Rodrigues sobre assalto foi originalmente publicado em http://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2016/07/24/me-mata-mas-deixa-minha-filha-relembra-claudia-rodrigues-sobre-assalto.htm

Link permanente para este artigo: http://hidracthair.com/produtos/me-mata-mas-deixa-minha-filha-relembra-claudia-rodrigues-sobre-assalto/