«

»

out 19

Imprimir Post

Não é só a Glenda: 10 jornalistas que deixaram o esporte da Globo em 2019

Confira as principais fofocas globais, Não é só a Glenda: 10 jornalistas que deixaram o esporte da Globo em 2019 veja todos os detalhes aqui.

A Globo sofreu mais uma baixa em sua área de esporte após a saída de Glenda Kozlowski, que estava na emissora havia 23 anos.

Porém, ela não foi a única que trabalhava com esportes a deixar o Grupo Globo em 2019. Veja abaixo 10 nomes que saíram da emissora neste ano.

Glenda Kozlowski

A repórter Glenda Kozlowski chora ao vivo na Globo após a eliminação do Brasil na Copa do Mundo - Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Após 23 anos de casa, Glenda pediu as contas. Ela começou no Grupo Globo em 1996 para apresentar o Esporte Espetacular e, de lá para cá, a ex-atleta bodyboard já exerceu as mais diversas funções no departamento esportivo. Em um de seus momentos mais marcantes, ela chorou ao vivo após a derrota do Brasil na Copa do Mundo de 2018, ao revelar a tristeza da mãe de Fernandinho com as falhas do filho na partida contra a Bélgica.

Mauro Naves

Mauro Naves foi afastado da cobertura da Globo por envolvimento no caso Neymar - Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

O repórter que cobria a Seleção Brasileira se desligou da Globo em julho, após ser revelado que ele havia passado o contato do pai de Neymar para um dos advogados de Najila Trindade, modelo que acusava o jogador de estupro. Naves estava na emissora há 31 anos e escreveu na época no Twitter: “Com a consciência limpa e em busca de novos desafios! Deus no comando!”.

Cris Dias

Cris Dias na CNN - Divulgação
Imagem: Divulgação

Cris saiu da Globo em setembro para estrear um canal no YouTube. Não demorou muito para que a CNN Brasil a contratasse. Ela trabalhou na Globo por 13 anos, passando pelo “Globo Esporte” e o “Esporte Espetacular”. A jornalista ainda apresentou o noticiário esportivo no “Bom Dia Brasil” até o começo deste ano, quando foi informada pela emissora que não teria o contrato renovado.

Ivan Moré

Ivan Moré e Walter Casagrande Jr. no estúdio do Globo Esporte - Reprodução/Instagram/wcasagrandejr
Imagem: Reprodução/Instagram/wcasagrandejr

Em maio, Ivan Moré apresentou pela última vez o “Globo Esporte” e passou por uma confusão. Ele estava pronto para migrar para a Record TV, mas as negociações acabaram degringolando e, no fim, cada um foi para o seu lado. “É o momento de me preservar e esperar o que vai vir pela frente”, disse Ivan ao UOL em junho. Há ainda a possibilidade de Ivan comandar um reality show de futebol na Band.

Leo Bianchi

Leo Bianchi como repórter da TV Globo - Reprodução
Imagem: Reprodução

O repórter saiu da emissora no início deste mês. Ele explicou, após sua saída, que tentou emplacar um projeto no segmento digital da emissora, mas não deu certo. Porém, Leo já mira seu futuro: e-Sports. Ele afirmou à Folha que já tem projetos na área dos esportes eletrônicos e está conversando com produtoras para trabalhar com transmissão e produção de conteúdo.

Domitila Becker

A jornalista Domitila Becker - Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Domitila deixou o SporTV em fevereiro deste ano. Ela decidiu deixar o canal para dar uma nova volta ao mundo. Esta é a segunda vez que ela opta por não trabalhar mais na televisão. Em 2017, a jornalista saiu da emissora também para uma primeira grande viagem pelo planeta. Quando deixou o canal antes, no período sabático, ela juntou dinheiro durante 15 anos. Agora, a decisão foi de uma hora para outra e até incomodou os familiares, contou ao UOL.

Tino Marcos

Tino Marcos, repórter da Globo - Globo/João Miguel Júnior
Imagem: Globo/João Miguel Júnior

O repórter se afastou da Globo e não tem uma data certa para voltar para a emissora. “Estou só curtindo o tempo sem trabalho, aproveitando para cuidar da família, principalmente. Minha intenção é voltar no ano que vem”, declarou o profissional para a coluna do Flávio Ricco no UOL. Tino garantiu ainda que não está desenvolvendo nenhum projeto para plataforma digital, contrariando informações que circularam nos bastidores.

Marcos Uchôa

Marcos Uchôa - Globo/ Divulgação
Imagem: Globo/ Divulgação

O jornalista esportivo se afastou também do Grupo Globo até ano que vem. Com décadas de experiência, Uchôa decidiu se afastar após um período de desgaste interno na TV, segundo apurou o UOL. A gota d’água foi a cansativa cobertura da Copa América. Acostumado a grandes reportagens, ele se viu preso a espaços menores nas semanas anteriores ao torneio que o Brasil foi campeão.

Tiago Maranhão

Tiago Maranhão durante programa Troca de Passes, do SporTV, em 2018 - Reprodução
Imagem: Reprodução

O apresentador do “Troca de Passes”, do SporTV, anunciou sua saída do Grupo Globo em agosto. Ele saiu para assumir um novo desafio na Amazon. Na gigante de tecnologia e entretenimento, ele comandará o desenvolvimento da ferramenta “Alexa”, assistente de voz, trabalhando diretamente com a área de inteligência artificial. Uma semana antes, ele tinha entrado em uma polêmica com o comentarista Mauro Cézar Pereira, mas Tiago garantiu que pedir as contas não teve qualquer relação com o incidente.

Mari Palma

Mari Palma, Phelipe Siani e Douglas Tavolaro - Divulgação/CNN Brasil
Imagem: Divulgação/CNN Brasil

Considerada uma profissional versátil dentro da Globo, Mari passou pelo boletim de notícias G1 em 1 minuto, se tornou editora do extinto Bem Estar, ficou no jornalismo esportivo até o início de 2019 e, em seguida, migrou para a equipe do Mais Você, de Ana Maria Braga. Ela e o namorado, Phelipe Siani, foram anunciados oficialmente pela CNN Brasil em julho.

A matéria Não é só a Glenda: 10 jornalistas que deixaram o esporte da Globo em 2019 foi originalmente publicado em https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2019/10/19/10-nomes-que-deixaram-o-esporte-da-globo-em-2019.htm

Link permanente para este artigo: http://hidracthair.com/produtos/nao-e-so-a-glenda-10-jornalistas-que-deixaram-o-esporte-da-globo-em-2019/