«

»

ago 03

Imprimir Post

Novela "Jesus" incomoda católicos ao retratar outros filhos de Maria

Confira as principais fofocas globais, Novela "Jesus" incomoda católicos ao retratar outros filhos de Maria veja todos os detalhes aqui.

José (Guilherme Dellorto) e Maria (Juliana Xavier) em cena da novela ‘Jesus’

A primeira fase de “Jesus”, mais recente novela bíblica da Record, terminou nesta quinta-feira (02), com uma cena que causou incômodo aos espectadores católicos. O oitavo capítulo mostrou a volta de Maria e José a Galiléia, após uma temporada de refúgio no Egito.

Este retorno, segundo o relato de Mateus, ocorreu após a morte do rei Herodes. Na cena exibida pela novela, além do menino Jesus, o casal traz mais dois filhos, Tiago e José, o que contraria a fé na virgindade perpétua de Maria, tal como defendida pelo catolicismo.

A primeira fase da novela misturou relatos históricos com testemunhos religiosos. A novela mostrou o contexto do reinado do autoritário e paranoico Herodes, em meio à fé do povo na chegada de um Messias.

Antes de exibir o nascimento de Jesus, anunciado pelo anjo Gabriel, os capítulos iniciais centraram foco na relação entre Maria e José. A mãe de Jesus foi retratada como uma figura mais terrena, como a veem os evangélicos, em oposição à imagem mais divina cultuada pelos católicos.

Logo no início da trama, Maria é objeto de fofocas e questionamentos por anunciar que está grávida antes do casamento com José. A afirmação de que é virgem e espera o “filho de Deus” não convence a todos e uma falsa amiga espalha que o pai da criança pode ser um soldado romano. Esta história consta de escritos de um autor pagão anticristão, chamado Celso.

As dores do parto sentidas por Maria ao dar à luz o menino Jesus, como mostrou a novela, também pontuaram esta visão mais “humana” da personagem. Já o episódio do “massacre dos inocentes”, atribuído a Herodes, não tem comprovação histórica e exalta a visão bíblica de que o rei temia a chegada do “rei dos judeus”.

Antes da estreia, em entrevista a Nilson Xavier, a autora de “Jesus”, Paula Richard, assegurou: “Não haverá pregação!” Foi uma observação em resposta aos problemas enfrentados por Vivian de Oliveira, autora de “Apocalipse” – a novela anterior sofreu mudanças determinadas por Cristiane Cardoso, filha de Edir Macedo e supervisora de texto das tramas bíblicas da emissora.

Contar uma história tão conhecida, e alvo de tantas interpretações, inevitavelmente iria provocar descontentamentos. Mas o passivo da Record nesta questão específica, poderia ter levado a emissora a adotar uma abordagem mais cuidadosa em sua nova novela.

Veja também
Na estreia, “Jesus” marca 13,4 pontos e deixa Record em terceiro lugar

Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

A matéria Novela "Jesus" incomoda católicos ao retratar outros filhos de Maria foi originalmente publicado em http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2018/08/03/novela-jesus-incomoda-catolicos-ao-retratar-outros-filhos-de-maria/

Link permanente para este artigo: http://hidracthair.com/produtos/novela-jesus-incomoda-catolicos-ao-retratar-outros-filhos-de-maria/