«

»

ago 03

Imprimir Post

Uma dúvida e um elogio sobre o elenco de "O Tempo Não Para"

Confira as principais fofocas globais, Uma dúvida e um elogio sobre o elenco de "O Tempo Não Para" veja todos os detalhes aqui.


Exibidos apenas três capítulos de “O Tempo Não Para”, as impressões são as melhores possíveis, mas pretendo esperar mais um pouco antes de escrever a respeito. Gostaria neste texto de fazer apenas duas observações sobre o elenco da novela.

Escalar o ator certo para o personagem certo é uma arte que envolve inúmeras variáveis, muitas delas subjetivas. Não é ciência. Dito isso, observo que a escalação de Nicolas Prattes para viver um dos papeis principais do folhetim está me causando algum estranhamento. Ele não me parece ter o “physique du rôle” adequado para Samuca, “um dos maiores e mais jovens empresários do país”. Este personagem, como informado em abril, estava destinado a Klebber Toledo.

Que personagem é esse que pode ser vivido tanto por um ator de 32 anos (Toledo) quanto por um de 21 (Prattes)? Samuca é filho de Carmen (Christiane Torloni, 61 anos), noivo de Betina (Cleo, 35) e está apaixonado por Marocas (Juliana Paiva, 25), uma das personagens do século 19 descongeladas em 2018.

Prattes é um ator jovem, talentoso, mas com pouca experiência na TV – atuou em “Malhação – Seu Lugar no Mundo” (2015) e em “Rock Story” (2016). Nestes primeiros capítulos de “O Tempo Não Para”, tenho notado que ele repete uma marca do jovem e agitado Zac, que interpretou muito bem na novela de Maria Helena Nascimento – arregala os olhos, fala rápido, como se estivesse com taquicardia, e mexe muito a cabeça para expressar os seus sentimentos.

É digno de elogio a ousadia da Globo de colocar um ator tão jovem em papel de tamanho destaque e que pedia, aparentemente, um profissional mais velho. Torço para que dê certo, mas registro que ainda não superei o estranhamento.

Representatividade racial

Maicon Rodrigues, Micael, Carol Macedo, David Junior, Juliana Alves, Lucy Ramos, Solange Couto, Cris Vianna e Olivia Araujo na festa de lançamento da novela

Outra observação sobre o elenco de “O Tempo Não Para” diz respeito à escalação de atores negros e pardos. Na sequência do constrangimento causado pela Bahia branca de “Segundo Sol”, a novela de Mario Teixeira parece ter procurado mais equilíbrio.

É verdade que a trama ajudou – vários escravos do século 19 estão entre os personagens descongelados nos dias de hoje. Mas, além deles, é notável a diversidade geral. São pelo menos 10 atores negros ou pardos entre os 40 principais.

Na festa de lançamento da novela, a atriz Lucy Ramos destacou o fato e publicou a imagem reproduzida acima. “Representatividade. ‘O Tempo Não Para’ te representa?”, ela registrou.

Veja também
Nilson Xavier: Boa promessa, “O Tempo Não Para” estreia ágil, colorida e divertida
Lucy Ramos destaca presença de atores negros em “O Tempo Não Para”
Elenco questiona falta de negros em “Segundo Sol” e Globo promete “evoluir”

Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

A matéria Uma dúvida e um elogio sobre o elenco de "O Tempo Não Para" foi originalmente publicado em http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2018/08/03/uma-duvida-e-um-elogio-sobre-o-elenco-de-o-tempo-nao-para/

Link permanente para este artigo: http://hidracthair.com/produtos/uma-duvida-e-um-elogio-sobre-o-elenco-de-o-tempo-nao-para/